sábado, 4 de abril de 2015

Universidade Ufo Brasileira , Ex-oficiais: ETs desarmaram armas nucleares de EUA e Inglaterra , Casos Mundiais ,
Ex-oficiais: ETs desarmaram armas nucleares de EUA e Inglaterra 4 5 1

Ex-oficiais: ETs desarmaram armas nucleares de EUA e Inglaterra

Ex-oficiais: ETs desarmaram armas nucleares de EUA e Inglaterra


O Arquivo Nacional do Reino Unido divulgou na quinta-feira um novo lote de documentos secretos sobre casos de objetos voadores não identificados (ovnis). Os arquivos contêm dezenas de relatos de ovnis entregues ao ministro da Defesa entre 1995 e 2003. Entre os documentos, está esse esboço de um relato de um objeto em forma de "U" visto em Edimburgo em outubro de 1995



   Um Grupo formado por seis oficiais da Força Aérea dos Estados Unidos (Usaf, na sigla em inglês) e um pesquisador de objetos voadores não identificados (ovnis) afirma que extraterrestres têm sobrevoado bases de mísseis e desativado bombas nucleares. Segundo o site TG Daily , os sete irão apresentar um documento contendo testemunhos de mais de 120 antigos oficiais militares apontando para uma "intervenção" alienígena até meados de 2003. Aparentemente, após isso eles perderam o interesse pelas bases, continua o site.

   "A Usaf tem mentido sobre os impactos de ovnis em bases nucleares na segurança nacional e nós temos provas", afirma o capitão de lançamento Robert Salas. O grupo afirma que os objetos voadores não identificados têm sobrevoado locais com armas nucleares desde 1948 e que possui documentos que comprovam isso.

   Em muitos casos, os mísseis apresentaram mal funcionamento ao mesmo tempo que objetos em formato de disco voavam silenciosamente nas proximidades das bases. Outro membro do grupo, Charles Halt, afirma ter visto um objeto voador no formato de disco lançando um feixe de luz em direção à base da Real Força Aérea britânica (RAF, na sigla em inglês) em Bentwaters, na Inglaterra. Após isso, ele ouviu no rádio que a "aeronave" teria pousado em uma área de armazenamento de armas nucleares.

   Os ex-oficiais acreditam que os governos dos dois países "abafaram" as notícias, utilizando excelente métodos de desinformação.


   Segundo a BBC, entre os inúmeros documentos, está um que indica que o ex-primeiro-ministro Winston Churchill (esq.), ordenou que os casos ficassem ocultos durante 50 anos as supostos registros de objetos ovnis pela Força Aérea, para não provocar "pânico". Ele e o presidente americano Dwight Eisenhower teriam inclusive ocultado uma imagem de ovnis feita pela tripulação de um avião da força aérea.

Fonte: Terra
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários: