blogspot. com

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Universidade Ufo Brasileira , OVNI é flagrado nos céus da Califórnia ao ejetar... alguma coisa , Avistamentos ,
OVNI é flagrado nos céus da Califórnia ao ejetar... alguma coisa 4 5 1

OVNI é flagrado nos céus da Califórnia ao ejetar... alguma coisa

OVNI é flagrado nos céus

   Um objeto voador não identificado (OVNI) foi recentemente flagrado por um cinegrafista amador nos céus do estado da Califórnia (EUA). Embora a imagem, inicialmente, sugira algum corpo celeste em passagem próxima da Terra, há pelo menos um detalhe que deixou muita gente intrigada: em determinado momento, é ejetado um segundo objeto, o qual assume uma direção que exclui explicações mais típicas sobre o fenômeno. E aí, é claro, vêm as teorias.

   De fato, o pessoal do site Sploid reuniu diversas explicações plausíveis para o fenômeno. Estas vão do cientificamente óbvio até o potencialmente lunático e, finalmente, ao iminentemente cético — alguém pode ter simplesmente manipulado a imagem, afinal. Confira as apostas e suas respectivas explicações teóricas abaixo.

Seria um meteoro?


   Na noite em que o misterioso objeto foi observado, ocorria o pico das chamadas quadrântidas. Trata-se de uma chuva de meteoros que ocorre sempre que a Terra cruza os restos de um cometa ou de um planetoide observado há meio século. Dessa forma, a aposta seria até bastante razoável... Não fosse a questão da velocidade.

   Conforme aponta o referido site, um meteoro atravessaria a atmosfera terrestre em velocidade muito superior à do objeto que aparece no filme. É verdade que estes corpos explodem ao adentrar a atmosfera terrestre. Entretanto, o resultado é um tanto diferente daquele registrado pelo cinegrafista. Confira abaixo um vídeo da NASA em que um meteoro entra em contato com a atmosfera terrestre.




   Ademais, há também mais uma questão: “E o orbe ejetado?” Ok, é verdade que isso poderia ser explicado por meio de uma anomalia originada do ângulo em que a filmagem foi feita. Mas isso ainda parece um tanto improvável.

Um satélite ou uma nave em reentrada?


   Também é possível que se trate ali de algum objeto de fabricação humana em processo de reentrada na atmosfera terrestre. A velocidade, afinal, parece comportar essa teoria — embora, caso se trate de um artefato militar, o mais provável é que sua natureza jamais chegue a ser revelada.

   Não obstante, o Sploid lembra que o efeito observado durante o acidente com a nave Columbia não se parece muito com o do objeto registrado na Califórnia — sobretudo no que se refere à “bola” que é expelida durante o que parece ser uma explosão.




   Novamente, bem poderia ser o caso de uma anomalia justificada pelo ângulo de filmagem. E para ir um pouco mais longe: o orbe ejetado poderia ser um filme, projetado para ser expelido no momento de volta à Terra, tal e qual ocorria com satélites militares durante os anos 80.

Um sistema antibalístico em fase de testes?


   Eis aqui mais uma aposta sobre a origem do OVNI: pode se tratar de um sistema de defesa contra projéteis intercontinentais em fase de testes — ou mesmo alguma outra geringonça militar em “fase Beta”. Afinal, os EUA anunciaram recentemente que passariam a conduzir testes semelhantes.

   Entretanto, novamente, a forma com que o segundo objeto é expelido não se parece muito com esse tipo de armamento — conforme mostra o vídeo acima, oriundo de um teste recente realizado pela Rússia.

Um alienígena?


   Ok, esse é o tipo de aposta que mesmo o mais cético dos sujeitos pelo menos considera — nem que seja para expelir dos pensamentos mais rápido do que o fez o OVNI do vídeo com o orbe. É difícil ignorar, de qualquer forma.

OVNI é flagrado nos céus


Manipulação via CGI?


   Sim, a coisa toda pode não ter passado de uma manipulação de imagem auxiliada por computador. Afinal, as tecnologias atuais certamente são capazes de criar feitos “sobrenaturais” incrivelmente verossímeis — o que provavelmente teria alterado dramaticamente as coisas na ocasião do famigerado Caso Roswell.



Fonte: Mega Curioso
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários: