quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Universidade Ufo Brasileira , Caso do OVNI de Corguinho - MS (2001) , Casos Nacionais ,
Caso do OVNI de Corguinho - MS (2001) 4 5 1

Caso do OVNI de Corguinho - MS (2001)

Ufólogo e Paranormal, Urandir Fernandes de Oliveira (Presidente da Associação Projeto Portal) liderou uma "batalha" na Região de Corguinho - MS no caso mais importante de avistamento de OVNI's no Brasil. O caso de Corguinho - MS de 2001.

Corguinho - Mato Grosso do Sul (24-11-2001 ás 23:00 h) Por volta das 23:00h no dia 24/11/01 caiu um objeto desconhecido na região de Boa Sorte na Fazenda Boqueirão, município de Corguinho – MS.
corguinhos ovni
  A explosão de luz visualizada na fazenda, de propriedade do Sr. Túlio Alves da Costa foi também testemunhada por moradores da região a uma distância de aproximadamente 15 Km do local da queda, além das 33 pessoas convidadas pelo proprietário da fazenda. Entre eles estava o cantor e apresentador Fábio Jr. e um cientista norte americano que realizava pesquisas na região.Segundo a pesquisa realizada por Urandir Fernandes Oliveira, o local sofreu algumas alterações:Animais e Vegetação Essa explosão seguida de um imenso clarão fez com que alguns animais sofressem certas alterações como cegueira e um desequilíbrio no metabolismo acarretando a morte de seis bois. Outro fato que está totalmente fora dos parâmetros normais é que vegetais, fungos e alguns insetos apresentaram alterações biológicas como a alteração de sua coloração original para o vermelho sintético, porém sem alterar o componente, no caso do besouro.


  Altas concentrações de fósforo no solo aumenta o número de cloroplastos na planta, deixando-as mais verdes, enquanto que baixas concentrações deixam a planta avermelhada.





 No fato ocorrido aconteceu o oposto, ficando vermelho ao invés de verde com alta concentração de fósforo (P).<--Close-up do Cogumelo com a composição molecular alterada devido à radioatividade.  Aos fungos e insetos não existe ainda explicações para o fenômeno. Amostras dos vegetais, fungos e insetos foram enviadas a laboratórios.
Imagem ampliada da mutação da Formiga-->

    Também foram encontrados abaixo da casca das árvores fragmentos do objeto que caiu. Como ele foi se alojar abaixo da casca sem deixar sinal de sua entrada? Esses fragmentos foram encontrados em vários pontos próximos do local do impacto. Está sendo estudada a possibilidade de uma ligação entre a presença desses fragmentos e as alterações ocorridas nos organismos.  Esses fragmentos foram enviados à analise para vários laboratórios, sendo três norte-americanos, e também para a delegacia de Corguinho que encaminhou aos órgãos de Defesa nacional.As pesquisas ainda estão em andamento e conforme surgirem novas evidências, essas serão publicadas.Fragmentos Encontrados -->A copa de várias árvores foram queimadas de uma maneira não comum, acredita-se que o objeto tenha sobrevoado muito próximo à vegetação provocando tal “fenômeno”. O mais espantoso é que uma árvore foi cortada por uma força desconhecida na altura de 1,20m de sua base, e arremessada a 4,5m de distância do seu tronco. A vegetação rasteira sofreu outro tipo de força, ela foi dobrada sobre os solo no sentido horizontal sem sofrer danificações em sua estrutura física. Há possibilidade que tal fenômeno seja a ação de força eletromagnética exercida sobre a vegetação e que seja desconhecido pelas leis físicas até hoje comprovadas pelo homem.
Resultado das Análises Científicas
   Segundo a análise do solo enviada pelo laboratório Solos, Consultório e Informática, participante da EMBRAPA, localizado em Campo Grande – MS, o solo apresenta varias anomalias, sendo que duas chamaram mais a atenção: concentração de manganês (Mn) 101,55mg/dm³ e de fósforo (P) 20,44mg/dm³. Além disso a concentração de areia é de 72% em massa. O estranho disso é que com uma concentração tão alta, de areia, a quantidade de fósforo deveria ser mínima (0,1mg/dm³).

  <- Análise das FolhasObs:  Os documentos ainda estão em andamento das análisesRadiação
Havia o perigo da radiação, então foi feito uma medição com o Contador Geiger (Model 3 Survey Meter – Ludlum Measurements, inc. – Sweetwater, Texas. Model: 44-9) e foi constatado 1.200 cpm de radioatividade, nível prejudicial ao ser humano.

 As ondas eletromagnéticas provavelmente não foram responsáveis pelo sinal detectado, pois o sinal foi específico, só sendo notado na vegetação e solo em áreas com plantas afetadas pela queda do OVNI.Essas ondas eletromagnética faziam com que a parte elétrica dos carros funcionassem sozinhos, como os pára-brisas, faróis, buzinas e lanternas.Fragmentos encontrados
 Foram encontrados também, vários fragmentos de forma e tamanho variados, sendo a maioria em formato laminado e de cor âmbar, outros de densidade gelatinosa e aroma estranho. Todos os fragmentos apresentam pontos cintilantes em toda sua estrutura.  

 Fragmento no formato Laminado -->




 Dezenas de pedras fundidas entre si, devido à alta temperatura emanada pelo objeto foram encontradas nas proximidades do local. As amostras foram enviadas a vários laboratórios do Brasil e exterior assim como a órgãos oficiais do governo.
 Como a revista UFO, que postou uma reportagem na íntegra repudiando o Ufólogo de "charlatão":
 "Estamos alertando a imprensa nacional quanto ao surgimento de rumores a respeito de um suposto acidente com uma nave espacial ou sonda extraterrestre numa propriedade do município de Corguinho (MS), à 90 km de Campo Grande. 
 O fato não é verdadeiro e não merece crédito. A notícia está sendo difundida através da internet por integrantes do Projeto Portal, fundado pelo ex-pedreiro Urandir Fernandes de Oliveira e alvo de grande polêmica em todo o país. Urandir já foi exposto nacionalmente ao propagar outras notícias infundadas no âmbito da Ufologia e não goza de credibilidade perante a Comunidade Ufológica Brasileira. 
 A falsa informação não é propriamente nova. A improvável queda de um disco voador em Corguinho foi inventada há três anos e foi, naquela mesma época, desmentida por vários ufólogos. Os rumores foram novamente trazidos à atenção da imprensa para estimular a polêmica e atrair o interesse da população. Os perpetradores da história apenas adicionaram a ela ingredientes novos, para torná-la mais atraente, mas nada de verdade há sobre o suposto acidente. 
 Falso acidente No final de 2001, membros do Projeto Portal fabricaram a história de que um UFO teria caído numa fazenda vizinha à que são mantidas suas operações. Várias equipes da imprensa local de MS foram até o local e não constataram absolutamente nada. Inclusive a Revista UFO. Citadas pelo titular do projeto, autoridades policiais de Corguinho negaram veementemente qualquer registro de fato estranho. Sequer um boletim de ocorrência foi lavrado, por não haver o que relatar. 
 A propriedade onde teria acontecido a improvável queda fica, em linha reta, a menos de 60 km da Base Aérea de Campo Grande e do Aeroporto Internacional de Campo Grande, onde nenhum funcionário, em tempo algum, registrou qualquer acontecimento. Seria completamente improvável, como quer sustentar o líder do Projeto Portal, que algo tivesse acontecido na região sem o conhecimento das autoridades. Segundo fontes, a farsa estaria sendo novamente engendrada para atrair curiosos à fazenda onde o referido projeto mantém cursos de "energização e contactação de ETs", cujos conteúdos não são levados a sério pelos ufólogos brasileiros. 
 A repercussão da notícia da suposta queda nos meios de comunicação, mesmo que provada falsa posteriormente, já seria suficiente para atrair interessados a tais atividades, que constituem uma vigorosa fonte de renda, baseada na credulidade e boa-fé dos seguidores. do Portal. Abaixo estão dois links de sites norte-americanos que trazem notícias recentes sobre a instituição. Ambos se referem às atividades do polêmico projeto e seu criador. 
 O Projeto Portal também aglutina pessoas de todo o Brasil que, atraídas por seu dirigente, acreditam que podem ser salvas do fim do mundo através do chamam de "ensinamentos cósmicos", que recebem do senhor Urandir. A Comunidade Ufológica Brasileira repudia veementemente as alegações infundadas constantes dessa farsa." - Reportagem do site Revista UFO
Considerações finais da UUBR
No meio da Ufologia sempre há aqueles que contradizem uma pesquisa, por mais que ela tenha muitas provas contudentes, como no caso de Corguinho... Urandir têm em posses muitos materiais que comprovam o que tiver ocorrido no local.
Farça ou verdade, isso ainda é um mistério... muitas provas ainda estão sendo averiguadas, agora cabe se for realmente verdade, a mídia juntamente com os "poderosos" não esconda do povo sobre uma vida extraterrena.

- E você, acredita neste caso? Comente e vote na enquete abaixo.
Você acredita no OVNI de Corguinho? Nós queremos saber. :)




Fontes: Site Oficial Urandir / UFO Corguinho
Há aqueles que contradizem á Urandir e a veracidade do caso Corguinho





Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários: